Encantos rurais de Gravataí: Roteiro de bike pela Estrada da Cavalhada e Estrada dos Minuzzo

Eu estou muito feliz em compartilhar com vocês que realizei mais um sonho: comprei uma bicicleta. Já fazia algum tempo que estava em meus planos e, diante desse período de pandemia, além de ter mais uma possibilidade de me manter ativa, resolvi tirar o sonho do papel.

E agora ela está aí, completando um mês de algumas pequenas aventuras – e como estou amando me aventurar com ela! Tenho curtido tanto esses momentos iniciais que resolvi, este mês, trazer essa novidade aqui no blog: as aventuras de bike também estarão no divã. Sim! Esse primeiro mês já me fez observar tanta coisa que quero muito compartilhar tudo aqui com vocês: os lugares que tenho conhecido e, até mesmo, olhado com outros olhos, pois sair de bike por aí faz a gente ver e perceber tanta coisa diferente.


Pensa em pessoa feliz em realizar esse sonho!

E pra estrear, começo pela minha cidade atual: Gravataí. Gravataí é um município que faz parte da região metropolitana de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, sendo que a maior parte de sua área constitui zona rural (376,45 km2 rurais dos 463,758 km2 que a cidade tem no total). Em suas paisagens, lagos, cachoeiras, formações rochosas como o Morro Itacolomi, um dos cartões postais da cidade, e o rio Gravataí.

Neste primeiro post, o roteiro escolhido foi o que percorri no último sábado pela Estrada da Cavalhada e Estrada dos Minuzzo. Fiz o percurso com uma amiga e, claro, álcool gel e máscara rsrs – não se pode arriscar, né!?


Paisagens rurais em Gravataí

O início do percurso, já na Estrada da Cavalhada, passando o viaduto a partir da Avenida Antônio Gomes Correa, no Parque dos Anjos, merece um pouco de cuidado, pois não possui refúgio. Boa parte do trecho inicial é asfaltado e, depois de alguns quilômetros, as paisagens rurais já começam a aparecer no trecho que foi recentemente pavimentado.

Mas a aventura começa mesmo é quando se inicia o trecho de estrada de chão. Entramos na rua Alcides Ferreira, onde fica uma estação da Corsan, para chegar à beira do rio Gravataí – mesmo local de onde sai o projeto Rio Limpo – um passeio que é realizado de barco e, que hoje, por conta da pandemia não está acontecendo. Depois de uma breve pausa para uma hidratação, retornamos para seguir o pedal.


Uma paradinha na beira do rio Gravataí

Saindo de lá, entramos na Estrada dos Minuzzo – e que maravilha! O trajeto era só nosso! Entre subidas e descidas, pedalamos observando as paisagens rurais, lagos, animais no campo, até finalizar nas proximidades da Freeway, por onde resolvemos voltar, tentando pegar um caminho mais tranquilo, afinal era o primeiro pedal mais distante que estávamos fazendo.


Pegando a Estrada dos Minuzzo

Mas como ciclistas de primeira viagem, em vez de voltarmos pela Estrada Lomba do Vadeco e pegar a Freeway nas imediações do condomínio Prado Bairro-Cidade – que é o que recomendo –, resolvemos ir pelo outro lado da Freeway – e quem disse que havia saída? Para não voltar subindo tudo o que já havíamos descido, pegamos as bikes para atravessar os arames farpados – claro que nos machucamos, mas as bikes estão intactas rsrsrs – e acessamos a Freeway. Gente, jamais façam esse tipo de coisa! Precisamos ser ciclistas conscientes e responsáveis, rsrrs.

Bom, apesar de alguns perrengues já enfrentados, esse primeiro mês já me fez observar que pedalar faz a gente superar os próprios limites, querer ir sempre mais além, se sentir mais forte (subo dois andares com ela no ombro com a maior facilidade, rsrs). Fez enxergar aquelas paisagens que costumo percorrer com um olhar novo e com mais encantamento.

Me fez perceber que há muitas pessoas que estão dispostas a te ajudar pelo caminho, que os ciclistas se reconhecem e formam um grupo só – é parceria! Que pedalar te proporciona encontros e reencontros e que a gente percebe tanta alegria na simplicidade. Agora eu não pretendo mais parar e tenho estimulado todos aqueles que estão a minha volta a experimentar e se aventurar também, porque isso é bom demais!

Até o próximo pedal!

 

Confira a minha atividade no Strava

Comentários

  1. Gravataí e seus encantos!👏👏👏

    ResponderExcluir
  2. Gravataí e seus encantos!👏👏👏

    ResponderExcluir
  3. Parabéns vou comecar em breve com minha barra circular abração
    Se cuidem
    Sou de Gravataí

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gravataí tem ótimos roteiros para serem explorados! Obrigada pela visita ao blog!

      Excluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas